Curso de Facilitador em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz Situações Conflitivas

Curso de Facilitador em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz Situações Conflitivas

Inscrições Encerradas
Voltado a aplicações práticas, o Curso objetiva formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz, além de sensibilizar lideranças para a utilização dos processos circulares em espaços institucionais, comunitários e acadêmicos.

O encontro será organizado com base nos processos circulares, auxiliando na criação de um espaço de fala e a escuta qualificadas e prevenindo dificuldades em relacionamentos e resoluções de conflitos interpessoais. O objetivo é formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz, além de sensibilizar lideranças para a utilização dos processos circulares em espaços institucionais, comunitários e acadêmicos. Com aulas práticas, o intuito é favorecer o pertencimento e a auto responsabilização, fortalecendo o senso de comunidade e a cultura de paz.

Os Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz são processos de diálogo que permitem a identificação e a compreensão das causas e necessidades subjacentes ao conflito e a busca da sua transformação em atmosfera de segurança e respeito. O método, estruturado com base nos princípios e valores das práticas restaurativas e da cultura da paz, pode ser utilizado nos mais variados espaços de convivência social. Ajuda crianças, adolescentes, jovens e adultos a se conectar entre si, melhorar a comunicação e transformar conflitos em ações criativas e positivas.

Voltado a aplicações práticas, o Curso objetiva formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz, além de sensibilizar lideranças para a utilização dos processos circulares em espaços institucionais, comunitários e acadêmicos. No Curso, os participantes serão apresentados aos princípios e valores fundamentais aos processos circulares e a uma abordagem transformativa dos conflitos, bem como aos elementos estruturais necessários ao planejamento e à condução de círculos, tendo como principal ferramenta didática a vivência do processo circular.
 
Natureza da Formação
Curso livre, de caráter vivencial, intensivo e de curta duração.
 
Objetivo
Formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz para atuar na prevenção e na transformação de conflitos e sensibilizar as lideranças de organizações governamentais e não governamentais para a utilização dos processos circulares nos respectivos espaços institucionais, comunitários ou acadêmicos com vistas à transformação de conflitos.
 
Público-alvo
Profissionais, acadêmicos e lideranças da Justiça, Educação, Assistência Social, Segurança, Saúde e áreas afins; operadores da rede de atenção à criança e ao adolescente; lideranças comunitárias; gestores e servidores de organizações governamentais e não governamentais.
 
Período de realização
De 18 a 22 de março de 2019
 
Horário:
Das 8h30min às 18h (40 h/a)
 
Local
Escola Superior da Magistratura, rua Celeste Gobbato, 229, Bairro Praia de Belas, Porto Alegre, RS.
 
Investimento
À vista: R$ 1024,00
Parcelado: R$ 1188,00 em até 12 parcelas no cartão de crédito via PayPal.
 
Inscrições
Período: de 31 de janeiro a 12 de março de 2019, ou enquanto houver vagas.
 
Vagas
Limitadas a 25 alunos por turma.
 
Certificado
Será fornecido certificado aos participantes com presença igual ou superior a 75%. Recomenda-se frequência de 100%, em razão da natureza da formação.
 
Conteúdo Programático
Conceito, princípios, fundamentos e valores da Justiça Restaurativa e dos Círculos de Construção de Paz;
Práticas restaurativas, com exemplos;
Círculos de Construção de Paz: origem, princípios filosóficos e suas diferentes aplicações;
Círculos de Construção de Paz e sua relação com a Justiça Restaurativa;
Elementos estruturais dos Círculos de Construção de Paz:
- Cerimônias de abertura e de encerramento;
- Objeto da Palavra;
- Check-in e Check-out;
- Valores e diretrizes;
- Perguntas norteadoras;
- Contação de histórias;
- Construção de consenso.
Fluxo de processo circula.
 
Vivência do papel de Facilitador no planejamento de Círculos;
 
Justiça Restaurativa: conceito, princípios, valores e outros aspectos introdutórios;
Diálogo entre os fundamentos das formas de proceder do paradigma retributivo e do restaurativo nas dimensões filosófica, histórica, psicológica, sociológica, jurídica e ética;
Recomendações da normativa internacional e brasileira;
A mudança das noções de justiça e de responsabilidade;
Da culpa e do castigo para a institucionalização da ética da alteridade.
 
Corpo Docente
Rafaela Duso
Katiane Boschetti da Silveira
Leoberto Brancher
Afonso Armando Konzen 
 
Observações
A indicação dos membros do Corpo Docente responsáveis pelo desenvolvimento das aulas, assim como a eventual inclusão de outros nomes na relação dos formadores, é da competência exclusiva da Escola Superior da Magistratura.