16/12/2019

Curso de Facilitador em Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz Situações Conflitivas - 6ª edição 2019

Voltado a aplicações práticas, o Curso objetiva formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz, além de sensibilizar lideranças para a utilização dos processos circulares em espaços institucionais, comunitários e acadêmicos.

Curso de Formação para Instrutores em Círculos de Construção de Paz (Aplicações Menos Complexas / Não Conflitivas)

 

-------------------

PRÉ-INSCRIÇÃO

 WhatsApp_Image_2019-11-11_at_16.16.14.jpeg

HISTÓRICO

A Escola da AJURIS tem sido uma das principais responsáveis pela introdução e difusão dos Círculos de Construção de Paz no Brasil, desde que, pela primeira vez, liderou um grupo de parceiros e promoveu o primeiro circuito de formação de facilitadores com a Profª Kay Pranis, no segundo semestre de 2010.

A partir de então, realizou novas formações com ela no Brasil em 2012, 2013, 2017 e 2018. Desde 2018, nossa escola tem sido honrada pela incumbência de gerenciar sua agenda de formações no Brasil.

Em 2012 teve lugar a primeira formação de instrutores ministrada pela Profª Kay no Brasil, destinada ao futuro corpo docente da Escola da AJURIS, com 9 participantes. Novas turmas foram realizadas pela Escola da AJURIS, em Porto Alegre em maio de 2017, e em parceria com o TJPR, Curitiba, em outubro de 2018. Outra turma de instrutores foi ainda ministrada pela Profª Kay Pranis em São Paulo, através da EPM – Escola Paulista da Magistratura, turmas que, desde 2017, passaram a contar com participantes selecionados de todo o Brasil.

Até 2017, a Escola da AJURIS manteve o propósito de somente certificar instrutores quando formados pela Profª Kay Pranis, a bem de preservar a maior integridade dos seus ensinamentos no processo de multiplicação e sempre honrando a posição da Profª Kay como detentora da linhagem original dos Círculos de Paz e instrutora privilegiada dos novos multiplicadores.  

Embora em formação desde 2010, e tendo recebido a certificação como instrutores pela Profª Kay Pranis em 2012 e novamente em 2017, a equipe docente do presente curso somente veio a formar novos instrutores quando atuando junto ao Programa Justiça 21 do Tribunal de Justiça do TJRS, no ano de 2017 – quando programada aquela que seria a sua primeira formação para instrutores do Programa, dedicada à formação de facilitadores em círculos não conflitivos.

No ano de 2019 nossa equipe encontrou-se também dedicada e desenvolvendo experiência de formação de multiplicadores/instrutores para o Programa Escola + Paz, envolvendo um alentado plano de formação progressiva que envolvia um total de 468 horas de formação, abrangendo participação em atividades formativas, estágios e práticas supervisionadas.

Diante dessas experiências, em julho de 2019 foi ofertada uma turma de Formação de Instrutores e devido ao aumento da procura por tal formação, a iniciativa que ora se apresenta, portanto, representa outro passo importante, e já previamente testado, na maturação do processo de aprendizagem e multiplicação a que sempre nossa Escola se manteve fiel.

JUSTIFICATIVA

Na medida em que se expandem largamente as ideias e testagens da aplicabilidade da  Justiça Restaurativa nos mais variados ambientes, a oferta de atividades formativas para instrutores e facilitadores aptos a multiplicar os Círculos de Construção de Paz, é, por um lado, uma oportunidade inestimável para alargar-se os horizontes da difusão de uma Cultura de Paz e do Diálogo, ao mesmo tempo em que se configura um desafio em termos de manter-se a integridade metodológica e a fidelidade aos valores, princípios e ensinamentos originais.

Consciente do significado deste cenário, a Escola da AJURIS propôs-se a abrir lugar à formação da sua segunda turma de instrutores formada pela sua própria equipe, ampliando a acessibilidade dessas competências, mas sem dispensar o rigor com que tem dedicado à difusão e consolidação da Justiça Restaurativa no Brasil.

A opção pela oferta de mais uma formação focada em multiplicadores para as aplicações não conflitivas corresponde à compreensão de que, assim como a aprendizagem das práticas circulares se beneficia da absorção progressiva, eis que se referem a aquisição de habilidades que só se consolidam pela experiência prática, a formação dos instrutores também se beneficia significativamente de um programa que permita o amadurecimento do multiplicador ao longo de diferentes etapas, tudo a bem de assegurar a consistência do resultado final, representado pela fidelidade aos valores e à preservação da metodologia.

Ademais, parte também de que o chamado a que tantos ocorrem atualmente é o do enfrentamento da violência, da pacificação de conflitos e da superação de traumas. Mas estando de há muito atuando em tais contextos, a aprendizagem mais relevante, embora possa parecer lugar comum, é que continua sendo mais fecundo e viável prevenir do que remediar.

 

Daí a importância de adotar-se como estratégia prioritária e massificar-se as aplicações pacificadoras cuja multiplicação agora são ofertadas por este curso.

 

A EQUIPE DOCENTE

WhatsApp Image 2019 04 22 at 09.52.39

Katiane Boschetti da Silveira (Instrutora), é pedagoga,   pós-graduanda em Intervenção na Automotilação, na Prevenção e na Pósvenção do Suicídio, Facilitadora de Círculos de Construção de Paz desde 2010. Formada como facilitadora e três vezes como Instrutora de cursos pela Kay Pranis. Membro do Corpo Docente da Escola da AJURIS - Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul – e do Programa Justiça para o Século 21 – do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul desde 2013. Instrutora responsável pela formação de 87 turmas de facilitadores de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos e mais de 41 turmas de Círculos de Construção de Paz Conflitivos em Tribunais de Justiça, Ministérios Públicos, Justiça Federal, Prefeituras, Escolas Privadas, nos estados RS, MG, TO, GO, MTS e MT. Ministrou 04 turmas de Instrutores de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos e 01 turma de Instrutores de Círculos de Construção de Paz Conflitivos. Atua como professora e tutora dos cursos EAD (Educação à distância) oferecidos pela Escola do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul desde 2015. Membro da equipe técnica da Escola da Ajuris que foi responsável pelas formações ofertadas pelo Programa Escola + Paz que aconteceram nos territórios de abrangência do POD (Programa de Oportunidade e Direitos) de Porto Alegre. Presta assessoria para escolas e instituições em assuntos relacionados a Justiça Restaurativa e Círculos de Construção de Paz. Coordenou e Ministrou as capacitações do Programa de Formações Voluntários da Paz vinculado ao Programa Caxias da Paz. Coordenou e representou a Fundação Projeto Pescar na região da Serra e Vales do estado do Rio Grande do Sul. Atuou como Coordenadora da Central de Práticas Restaurativas da Infância e Juventude – vinculada ao Núcleo de Justiça Restaurativa de Caxias do Sul; Também teve experiência durante nove anos na Fundação de Assistência Social, Órgão Gestor da Política de Assistência Social em Caxias do Sul. Há nove anos, faz parte do grupo que vem implantando a Justiça Restaurativa, em especial os Processos Circulares em Caxias do Sul.

WhatsApp Image 2019 04 22 at 11.30.44

Rafaela Duso (Instrutora), é psicóloga, Especialista em Psicoterapia Familiar e de Casal, Facilitadora de Círculos de Construção de Paz desde 2012. Formada como facilitadora e duas vezes como Instrutora de Cursos pela Kay Pranis. Membro do Corpo Docente da Escola da AJURIS - Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul e do Programa Justiça para o Século 21 – do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul desde 2014. Coordenadora Executiva dos cursos de Justiça Restaurativa oferecidos pela Ajuris. Instrutora responsável pela formação de 59 turmas de facilitadores não conflitivos e de mais de 30 turmas de facilitadores de situações conflitivas em Tribunais de Justiça, Ministérios Públicos, Justiça Federal, Prefeituras nos estados do RS, MG, SE, RN, PR, GO, TO, PB, MT, SC. Ministrou 03 turmas de Instrutores de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos e 01 turma de Instrutores de Círculos de Construção de Paz Conflitivos. Atua como professora e tutora dos cursos EAD (Educação à distância) oferecidos pela Escola do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul desde 2015.  Membro da equipe técnica da Escola da Ajuris foi responsável pelas formações ofertadas pelo Programa Escola + Paz que aconteceram nos territórios de abrangência do POD (Programa de Oportunidade e Direitos) de Porto Alegre. Atuou como facilitadora e instrutora de cursos na Socieducação (FASE/RS). Trabalhou no Centro de Promoção da Criança e do Adolescente onde coordenou o Projeto de Justiça Comunitária e as Centrais de Práticas Restaurativas Comunitárias de Porto Alegre.

 

23004842 895420187283355 7206421933829733139 o

Leoberto Brancher (Coordenador), é Desembargador, um dos pioneiros da Justiça Restaurativa do Brasil, tem sido responsável por diversas iniciativas de difusão e multiplicação da Justiça Restaurativa no Brasil desde 1999, quando iniciou seus estudos no tema. Atualmente é Coordenador de Formações em JR na Escola da AJURIS, Coordenador de Justiça Restaurativa junto ao NUPEMEC – TJRS, Professor da disciplina Justiça Restaurativa junto à ENFAM – Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados, pela qual é certificado como Formador de Formadores, e membro do Comitê Gestor da JR junto ao CNJ.

 

 

 

OBJETIVO GERAL:

Formar Instrutores para ministrar Cursos de Formação de Facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz com aplicação de diálogos estruturados em situações de convivência não-conflitiva, tais como: Círculos de Diálogo (Sensibilização), de Fortalecimento de Vínculos Familiares, de Fortalecimento de Equipes de Trabalho, de Construção de Senso de Comunitário.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

Ao término da formação, os participantes deverão estar aptos a:

  1. Manter suas habilidades de facilitador de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos, incorporando habilidades da prática docente;
  2. Apoderar-se do Cronograma de Atividades do Curso de Facilitadores de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos (20 horas/aula); 
  3. Atuar como formadores de novos facilitadores em Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos;
  4. Planejar, organizar e ministrar palestras/oficinas com o foco da Difusão dos Valores e Princípios da Justiça Restaurativa e dos Círculos de Construção de Paz, com carga de 02, 04 ou 08 horas aula, conforme as diferentes demandas.
  5. Promover o uso dos recursos metodológicos (elementos e etapas dos Círculos de Construção de Paz) nos mais diversos ambientes e espaços, sejam institucionais, comunitários ou acadêmicos.
  6. Identificar e analisar conteúdos e metodologias a serem desenvolvidas nas formações de facilitadores em Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos, e sua aplicabilidade em diferentes contextos;
  7. Valorizar o desenvolvimento da formação dos novos facilitadores de forma continuada, compartilhando experiências e conhecimentos de forma colaborativa, e dedicando-se a atividades de aplicação das práticas e de autoaprendizagem;
  8. Identificar sentimentos e necessidades com maior incidência por parte dos alunos nos diferentes momentos das práticas circulares, reconhecendo níveis de satisfação ou de insatisfação dos partícipes, e procedendo aos pertinentes ajustes na condução dos trabalhos;

 

METODOLOGIA:

A formação será predominantemente vivencial, desenvolvida mediante a aplicação das próprias práticas circulares, objeto da formação, como metodologia ativa. Conteúdos teóricos e orientações práticas, dinâmicas e simulações serão introduzidos ao longo da programação através de intervenções expositivas dialogadas, da resolução de dúvidas e da partilha de experiências em atividades formativas relacionadas a Justiça Restaurativa e aos Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos, culminando pela orientação para a elaboração de um roteiro para o desenvolvimento das formações pelos alunos.

 

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais de nível superior, com prévia formação e experiência comprovada como Facilitadores de Círculos de Construção de Paz, com atuação em áreas relacionadas à educação, serviço social, saúde, justiça, segurança, liderança e gestão de pessoas.

VAGAS:

25 alunos.

APLICABILIDADE:

A presente formação visa à multiplicação de instrutores para formar novos facilitadores que atuarão na qualificação das relações de convivência como estratégia de construção de paz e prevenção da violência em contextos tais como: núcleos familiares, comunidades escolares, agrupamentos comunitários e de vizinhança, equipes de trabalho, espaços judiciais. Promovendo, assim, a integração, harmonia, coesão e fortalecimento de vínculos.

PRÉ-REQUISITOS:

  1. Formação de Nível Superior (Universitário);
  2. Formação Prévia como Facilitador de Círculos de Construção de Paz (certificado emitido com data igual ou anterior ao mês de abril de 2019);
  3. Experiência comprovada através da apresentação de 5 relatórios de Círculos de Construção de Paz Não-Conflitivos
  4. Preenchimento do formulário de pré-inscrição

ORIENTAÇÕES DO PROCESSO SELETIVO

O processo de inscrição dar-se-á a partir dos seguintes passos:

08 de novembro

a 01 de dezembro de 2019

Pré-inscrição no site da Escola da AJURIS (https://forms.gle/9R43Coqk8N7SGgRu6), respondendo questionário de interesse, preenchendo os 5 relatórios de Círculos de Construção de Paz realizados e enviando o Diploma de Graduação e o Certificado do Curso de Facilitador de Círculos de Construção de Paz em formato digital;

02 de dezembro

a 10 de dezembro de 2019

Análise da documentação por parte da equipe técnica da Escola da Ajuris;

12 de dezembro de 2019

a 16 de dezembro de 2019

Divulgação dos resultados via e-mail;

16 de dezembro

a 24 de dezembro de 2019

Período para as inscrições dos selecionados;

26 de dezembro

Período para ajustes finais e/ou substituições através de suplentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Observação: Caso as inscrições excedam o limite das 25 vagas, a Escola da AJURIS reserva a possibilidade de aplicar os seguintes critérios para a seleção dos cursistas: 1. Facilitadores Formados pela Escola da AJURIS; 2. Facilitadores ligados a Instituições Parceiras da Escola da AJURIS; 3. Facilitadores que demonstrarem atuação prática mais expressiva; 4. Futuros instrutores com maior potencial de multiplicação; 5. Comprovação de maior tempo de atuação na realização de Círculos de Construção de Paz.

Carga-horária: 40 horas-aula

Certificação: O aluno deve atingir frequência igual ou superior a 75%.

 

Data e local: de 27 de janeiro a 31 de janeiro de 2020, nas dependências da Escola da Ajuris em Porto Alegre.

Horário das aulas: 8h30 às 12h – 13h30 às 17h30

Investimento:  R$ 1.650 à vista ou parcelado em 12x de R$ 159,50 no cartão de crédito via PayPal.

(O pagamento parcelado com cartão de crédito na SEDE DA ESCOLA deverá ser feito em até 48h após a inscrição no site).

(A matrícula realizada por meio de boleto bancário só será confirmada após o seu pagamento).

Material Didático: serão distribuídos aos participantes exemplares do Manual Círculos em Movimento – Construindo Comunidades Escolares Restaurativas, versão completa (440 páginas) e um pendrive contendo materiais didáticos complementares em arquivos digitais.

Conteúdo Programático:

  • Construção de metodologias com enfoque principal para as atividades vivenciais.

  • Tipos de círculos não-conflitivos, com ênfase para: círculos de celebração, diálogo, fortalecimento de vínculos familiares, integração de equipes de trabalho e construção de senso de comunidade, conforme descrição abaixo:
    • Círculo de Construção de Paz de Celebração: Viabiliza o compartilhamento de momentos de alegrias, conquistas ou senso de realização.
    • Círculo de Construção de Paz de Diálogo: Oportuniza que os participantes explorem uma questão a partir de vários pontos de vista, garantindo que todas as vozes sejam ouvidas.
    •  Círculo de Construção de Paz de Fortalecimento de Vínculos Familiares: Proporciona a empatia e conexão entre os familiares, possibilitando o fortalecimento dos relacionamentos familiares.
    •  Círculo de Construção de Paz de Fortalecimentos de Vínculos de Equipe de Trabalho: Propicia a criação ou fortalecimento dos vínculos entre a equipe de trabalho, desenvolvendo a empatia e conexão entre os membros da equipe. Permite que todas as vozes sejam ouvidas.
    •  Círculo de Construção de Paz de Senso de Comunitário: Viabiliza a coesão entre as comunidades, proporcionando diálogo sobre temas de interesse comum, responsabilidade mútua e apoio a ações coletivas.
  • Possibilidades de aplicação.
  • Resultados alcançados a partir da aplicação das metodologias desenvolvidas. 
  • O papel do multiplicador.
  •  Habilidades necessárias para ser um multiplicador.
  • Planejamento das ações a serem desenvolvidas pelos facilitadores em formação, nas modalidades: individual, grupal ou focadas em instituições e/ou serviços específicos.
  • Atividades de fortalecimento, monitoramento e supervisão das ações do grupo.
  • Trocas de experiências.