Previous Next

Oficina O Espírito do Tempo: Música, Literatura e Bioética

A Escola da AJURIS divulga a Oficina O Espírito do Tempo: Música, Literatura e Bioética que será realizada no dia 19 de junho de 2018,  às 19h30min às 21h30min, no teatro São Pedro.

Espírito do Tempo, ou Zeitgeist, é o conjunto das condições sociais, culturais e intelectuais de um determinado período histórico. É nesta perspectiva que esta série de encontros se propõe a refletir sobre as interações entre a Música, a Literatura e a Bioética.

Nesta primeira oficina a proposta é discutir a influência da cultura alemã no início da Bioética. No início do século 20, dois autores alemães – Albert Schweitzer e Fritz Jahr – iniciaram, isoladamente, a proposta que serviu de base para o pensamento bioético atual. Albert Schweitzer propôs a reverência à vida como base das nossas ações humanas. Fritz Jahr criou a palavra Bioética, em 1926, com a finalidade de estabelecer os deveres dos seres humanos para com os animais e as plantas. Ambas propostas situam os seres humanos como parte integrante da natureza como um todo.

Albert Schweitzer e Fritz Jahr têm em comum uma sólida formação baseada em Música, Filosofia e Teologia. Albert Schweitzer utilizou muito de sua sensibilidade musical, especialmente baseada na obra de Johann Sebastian Bach, impregnada pela aplicabilidade dos seus conhecimentos médicos, para chegar às suas reflexões sobre a vida. Fritz Jahr, por outro lado, utilizou a sua prática de professor de escola, utilizando diferentes autores das áreas de Literatura, Música, Filosofia, Ciências e Teologia, para estabelecer relações entre humanos, animais e plantas, que serviram de base para este pensamento inovador, que ele denominou de Bioética.

É neste contexto que esta oficina irá se desenrolar. A cantora lírica Angela Diel, o pianista Nei Fialkow e o biólogo José Roberto Goldim irão entremear músicas, poesias e reflexões que deram origem as raízes europeias da Bioética. Serão apresentadas músicas de Robert Schumann, Franz Schubert e Johannes Brahms, poesias de Johann W. von Goethe e as reflexões propostas por Albert Schweitzer e Fritz Jahr. É uma rara oportunidade de integrar Música, Literatura e Bioética.

Investimento R$ 40,00 inteira - 20 estudante

Inscrições pelo site:

http://www.fundacaomedicars.org.br/evento/o-espirito-do-tempo-musica-literatura-e-bioetica

As informações também podem ser feitas pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

E o pagamento no local pode ser feito até 19h25 do dia 19 de junho.

Atividade

Série: O Espirito do Tempo: Música, Literatura e Bioética

Oficina: A influência da cultura alemã no início da Bioética

Data: 19 de junho de 2018

Horário: 19h30min

Local: Foyer Eva Sopher do Multipalco do Teatro São Pedro, em Porto Alegre

Participação: Cantora lírica Angela Diel; Pianista Ney Fialkow; Biólogo José Roberto Goldim

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16/08/2019

CONTARDO CALLIGARIS FAZ REFLEXÕES SOBRE AS TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS E MORAIS NA ERA DIGITAL

O encerramento do XIII Congresso Estadual da Magistratura foi marcado por provocações e reflexões do pensador e psicanalista Contardo Calligaris. A palestra Homo Digitalis: Decifra-me ou Devoro-te foi realizada nesta sexta-feira (16/8), finalizando os três dias de debates sobre a magistratura digital, tema central do evento. A última atividade da programação científica foi conduzida pela vice-presidente Social, Patrícia Laydner, e pelo vice-diretor

16/08/2019

CARTA DE PORTO ALEGRE ENCERRA CONGRESSO DA AJURIS

A apresentação da Carta de Porto Alegre, no início da tarde desta sexta-feira (16/8), encerrou o XIII Congresso Estadual da Magistratura, promovido pela AJURIS. O documento marca o “compromisso de manter um Judiciário forte, autônomo e independente para preservar os direitos humanos e fundamentais tanto no universo físico quanto digital, deplorando-se qualquer tentativa de censura e discurso de ódio às

15/08/2019

JURISTA PORTUGUÊS DEFENDE COMBATE À DESINFORMAÇÃO COMO GRANDE DESAFIO DA ERA DIGITAL

Em um cenário marcado por novos desafios para a democracia, o Direito e o sistema judiciário, a conferência de abertura do XIII Congresso Estadual da Magistratura, realizada no início da noite desta quarta-feira (14/8), abordou A Liberdade de Expressão no Mundo Digital. Durante o encontro, o jurista português Jónatas Machado reafirmou, em transmissão por vídeo, a cultura da verdade como

15/08/2019

CONGRESSO DA AJURIS DEBATE A MAGISTRATURA DIGITAL

A AJURIS deu início no final da tarde desta quarta-feira (14/8) ao XIII Congresso Estadual da Magistratura, no Sheraton Hotel, em Porto Alegre. Com o tema A Magistratura Digital, o evento vai discutir, até sexta-feira, os desafios de fazer a jurisdição em um mundo em constante transformação. Cerca de 240 magistrados e convidados participam do evento. Em seu discurso de abertura, a presidente da

05/08/2019

A MAGISTRATURA DIGITAL, POR JAYME WEINGARTNER NETO

Artigo publicado no Caderno Doc do jornal Zero Hora na edição de final de semana, dias 3 e 4 de agosto de 2019.  Em breve, os magistrados gaúchos vão se reunir no seu XIII Congresso Estadual. De 14 a 16 deste mês, estaremos debatendo as oportunidades (imensas) e os desafios (abissais) de jurisdicionar (dizer o direito, resolvendo conflitos) para uma sociedade imersa

01/08/2019

Direitos Desafiadores da Era Global

O juiz de Direito Luciano Bertolazi Gauer, titular da 3ª Vara Cível de São Borja, participou do curso Os Desafios na Efetivação de Direitos na Era Global, com aulas ministradas em Roma e na Suíça. De volta ao Brasil, fez um registro dos instigantes conteúdos discutidos durante o encontro. “A Escola da Magistratura, em um de seus informes, noticiou o curso