Previous Next

Congresso internacional do mestrado em Direitos Humanos e Justiça tem inscrições abertas

 O  congresso será realizado entre os dias 8 e 10 de agosto de 2018.

O programa de mestrado interdisciplinar em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça (DHJUS), oferecido em parceria entre a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) e a Universidade Federal de Rondônia (UNIR), realizará, de 8 a 10 de agosto, o II Congresso Internacional DHJUS, com o tema “Direitos Humanos, acesso à justiça e tecnologia – Direitos.TECH”, em Porto Velho.

O evento, que já está com as inscrições abertas, objetiva discutir como a tecnologia pode melhorar o acesso a direitos e, por outro lado, questionar as novas formas de agressões que se utilizam dessa tecnologia.

Em grandes contextos democráticos, as novas tecnologias tornaram-se essenciais para a inclusão e participação nos processos decisórios e no acompanhamento, fiscalização e utilização dos serviços públicos – especialmente dos serviços judiciais. Contudo, a inclusão digital dos últimos anos também vulnerabilizou pessoas e grupos, cada vez mais expostos a violações de direitos como privacidade, intimidade e a própria segurança. O II Congresso Internacional DHJUS propõe debates sobre as soluções para resolver essa contradição, por meio de cursos, grupos de trabalho, oficinas de ideias, mesas de vivência e conferências, entre outras atividades.

Eixos

Convidados nacionais e internacionais de grandes universidades e renomados institutos de pesquisa irão se juntar a profissionais, estudantes, ativistas e público em geral nos três eixos temáticos do evento: Movimentos Sociais e Combate a Violações; Mídias e Direitos; e Poder Judiciário e Acesso à Justiça. Os assuntos foram escolhidos a partir de um levantamento dos problemas sociais mais recorrentes envolvendo direitos humanos, acesso à justiça e tecnologia.

O eixo Movimentos Sociais e Combate a Violações busca debater e propor soluções para as demandas de indivíduos, grupos e movimentos sociais relacionadas ao uso da tecnologia para documentar e informar agressões a direitos humanos e direitos fundamentais. Já o eixo Mídias e Direitos pretende analisar as novas formas de violações de direitos que ocorrem com o uso da tecnologia de comunicação e da internet, debatendo formas de proteção dos direitos de pessoas e grupos mais vulneráveis pela exposição desprotegida a esses meios. Por fim, o eixo Poder Judiciário e Acesso à Justiça discutirá a ampliação do acesso à justiça com o uso de novas tecnologias e sistema de informação, analisando falhas e soluções nos processos de inovação aplicados aos serviços judiciais.

Programação

A programação se inicia no dia 8 com apresentação de trabalhos dos mestrandos do DHJUS (turma 2018), minicursos, rodas de conversa e conferência de abertura, esta ministrada pelo acadêmico estadunidense William Fisher (WM University), além da ativista indígena Patrícia Juruna (CNJI/UMIAB) e do professor Estevão Fernandes (UNIR), presidente do comitê científico do congresso. Outros convidados internacionais já confirmados são o pesquisador Emilio Escalante (UNC/Chapel Hill), a professora Caterina Alessandra Rea (UNILAB), e, do Brasil, Helô D’Ângelo (Revista Cult), Mariana Sanches (BBC Brasil), Gustavo Simões (UFRR) e Luís Roberto Cardoso (UNB).

Nos demais dias, serão realizados seis Grupos de Trabalho, voltados a apresentação de artigos científicos com os temas: Mídia e Comunicação; Meio-ambiente e Desenvolvimento; Amazônia e Diversidade; Fronteiras, Migração e Segurança; Direitos Individuais; e Justiça e Tecnologia. Os trabalhos apresentados serão posteriormente publicados em ebook, com ISBN. Haverá ainda curso de fotografia de movimentos sociais, com Cláudia Ferreira (UFRJ/UFF), e minicursos de webjornalismo, com Larissa Zuin (G1), e de Hmobile – Aulas pelo celular, com Jadiael Rodrigues (UNIR).

Inscrições

O congresso disponibilizará 240 vagas, abertas ao público e gratuitas. As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de agosto por meio do site do evento http://direitos.tech/congresso-dhjus/dhjus-inscricoes. Caso as vagas sejam preenchidas antes deste prazo, estas serão automaticamente suspensas.

Dúvidas ou informações podem ser encaminhadas aos e-mails Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Fonte: Assessoria de Comunicação – Emeron

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16/08/2019

CONTARDO CALLIGARIS FAZ REFLEXÕES SOBRE AS TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS E MORAIS NA ERA DIGITAL

O encerramento do XIII Congresso Estadual da Magistratura foi marcado por provocações e reflexões do pensador e psicanalista Contardo Calligaris. A palestra Homo Digitalis: Decifra-me ou Devoro-te foi realizada nesta sexta-feira (16/8), finalizando os três dias de debates sobre a magistratura digital, tema central do evento. A última atividade da programação científica foi conduzida pela vice-presidente Social, Patrícia Laydner, e pelo vice-diretor

16/08/2019

CARTA DE PORTO ALEGRE ENCERRA CONGRESSO DA AJURIS

A apresentação da Carta de Porto Alegre, no início da tarde desta sexta-feira (16/8), encerrou o XIII Congresso Estadual da Magistratura, promovido pela AJURIS. O documento marca o “compromisso de manter um Judiciário forte, autônomo e independente para preservar os direitos humanos e fundamentais tanto no universo físico quanto digital, deplorando-se qualquer tentativa de censura e discurso de ódio às

15/08/2019

JURISTA PORTUGUÊS DEFENDE COMBATE À DESINFORMAÇÃO COMO GRANDE DESAFIO DA ERA DIGITAL

Em um cenário marcado por novos desafios para a democracia, o Direito e o sistema judiciário, a conferência de abertura do XIII Congresso Estadual da Magistratura, realizada no início da noite desta quarta-feira (14/8), abordou A Liberdade de Expressão no Mundo Digital. Durante o encontro, o jurista português Jónatas Machado reafirmou, em transmissão por vídeo, a cultura da verdade como

15/08/2019

CONGRESSO DA AJURIS DEBATE A MAGISTRATURA DIGITAL

A AJURIS deu início no final da tarde desta quarta-feira (14/8) ao XIII Congresso Estadual da Magistratura, no Sheraton Hotel, em Porto Alegre. Com o tema A Magistratura Digital, o evento vai discutir, até sexta-feira, os desafios de fazer a jurisdição em um mundo em constante transformação. Cerca de 240 magistrados e convidados participam do evento. Em seu discurso de abertura, a presidente da

05/08/2019

A MAGISTRATURA DIGITAL, POR JAYME WEINGARTNER NETO

Artigo publicado no Caderno Doc do jornal Zero Hora na edição de final de semana, dias 3 e 4 de agosto de 2019.  Em breve, os magistrados gaúchos vão se reunir no seu XIII Congresso Estadual. De 14 a 16 deste mês, estaremos debatendo as oportunidades (imensas) e os desafios (abissais) de jurisdicionar (dizer o direito, resolvendo conflitos) para uma sociedade imersa

01/08/2019

Direitos Desafiadores da Era Global

O juiz de Direito Luciano Bertolazi Gauer, titular da 3ª Vara Cível de São Borja, participou do curso Os Desafios na Efetivação de Direitos na Era Global, com aulas ministradas em Roma e na Suíça. De volta ao Brasil, fez um registro dos instigantes conteúdos discutidos durante o encontro. “A Escola da Magistratura, em um de seus informes, noticiou o curso