Introdução à Nova Jurisdição de Família

A Escola Superior da Magistratura (ESM) está com inscrições abertas para a primeira edição do curso Introdução à Nova Jurisdição de Família. 

 O objetivo geral da atividade é esclarer o aluno sobre o conceito de mediação familiar, quem são os mediadores, quais situações em que a mediação é adequada ou não. O curso não tem o objetivo de formar mediadores de família.

O curso é coordenado pelo magistrado Roberto Lorea Arriada e conta com um corpo docente qualificado.

CORPO DOCENTE:

Roberto Arriada Lorea

juiz LoreaCoordenador do Grupo de Trabalho em Mediação Familiar (GTMF), do Núcleo de   Estudos de Mediação   (NEM), da Escola Superior da Magistratura. Autor do projeto   que criou a primeira Central de Mediação   Judicial no RS (2009) e coautor do projeto   da Central Judicial de Mediação Familiar do Foro do Partenon   (2013), em Porto  Alegre. Em 2014 recebeu menção honrosa do TJRS pelo trabalho em prol dos métodos   consensuais de solução de conflitos. Professor da Pós-Graduação em Direito de Família na Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP). Formador da Enfam (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados). Doutor em Antropologia Social (UFRGS). Juiz de Direito do TJRS desde 1991.

 

 

 

Érika Fabíola Silva Gomes

IMG 6146Advogada formada pela Universidade Federal do Pará - UFPA. Especialista em Direito Público pela Escola da   Magistratura Federal – ESMAFE/IMED. Cursou pós-graduação "Lato Sensu" em Direito das Famílias, Sucessões   e Mediação, no total de 360 horas, na Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul – FADERGS.   Cursou Oficina de Mediação Escolar, ministrada por Gabriela Irina Jablkowski; cursou Extensão em Mediação   Familiar, ministrada por Juan Carlos Vezzulla, junto à Escola Superior de Advocacia do Rio de Janeiro- ESA/RJ;   possui formação em Mediação Judicial Familiar pelo TJRS (fev/2017), conforme Resolução CNJ no 125/10;   certificação em Mediação Familiar pelo IMAP- Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal, curso   ministrado por Juan Carlos Vezzulla. Atualmente exerce advocacia na área do direito cível e direito das famílias, realizou mediações judiciais junto aos CEJUSCs (2014-2017) de Porto Alegre/RS e realiza mediações privadas em Porto Alegre/RS (fev/2017), serviço oferecido junto à Domus Centro de Terapia de Casal e Família. É Supervisora e Instrutora de mediação da UFRGS na Defensoria Pública do Rio Grande do Sul (DPE/RS), desde ago/2017.

 

 

  

Olívia Teixeira

OLIVIA TEIXEIRAMediadora Familiar certificada pelo IMAP/AJURIS - Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal e Escola  Superior de Magistratura - 2018; formação em Mediação Cível (2014), Familiar (2014), Instrutora para formação de Mediadores (2015) Escolar (2016) e  pela UNIRITTER LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES/TJRS - Mediadora Volutária nos CEJUSCS do Foro Central e Foro do Partenon 2014/2018 - Presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia - Seção Rio Grande do Sul - Gestão 2017/2019 - Pós-Graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora da Imaculada conceição/ FAFIMC (2000); Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Escuela Psicopedagógica de Buenos Aires/ EPSIBA/Argentina (1995); Psicopedagoga Institucional do NAD – Núcleo de Apoio ao Discente e NAP - Núcleo de Apoio Pedagógico Docente - UNIRITTER - LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES- UNIRITTER (2013/2016) – Bacharel em Letras – Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/ PUCRS (1982).

 

 

 

  Saiba mais sobre o curso clicand no link abaixo:

 Introdução à nova jurisdição de Família

                       

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

21/03/2019

Curso de Atualização para Magistrados desta edição teve como tema principal Os Meios Autocompositivos de Solução de Conflitos

Os meios autocompositivos de solução de conflitos foi o tema da abertura do Curso de Atualização para Magistrados (CAM), que aconteceu na última quarta-feira (20), na Escola Superior da Magistratura. Esses meios - a mediação e a conciliação - são figuras de facilitação e possibilitam que a resolução de conflitos existentes no meio social seja mais rápida e com menor

15/03/2019

Primeiro encontro de 2019 do Núcleo de Estudos em Mediação é marcado com palestra ministrada por Carolina Pellegrini

Os usos e práticas dos advogados em conflitos familiares judicializados foi o tema abordado na palestra realizada na noite do dia 13 de março, ministrada pela advogada e mestre em Direito Carolina Pellegini. Promovido pelo Núcleo de Estudos em Mediação (NEM), o encontro aconteceu no miniauditório da Escola Superior da Magistratura. No evento, Carolina, que também é mediadora, apresentou os

18/02/2019

ESM recebe Katerina Soulou para palestra sobre Justiça Restaurativa e Terrorismo

Katerina Soulou, doutoranda e professora da AixMarseille University e membro do Conselho do Fórum Europeu para a Justiça Restaurativa, estará na Escola Superior da Magistratura na próxima quinta-feira, 21/2, às 19h, para uma palestra sobre Justiça Restaurativa e Terrorismo.

15/02/2019

Conheça os bolsistas do APROVAJURIS 2019

Everton Gaspar (esquerda) e Felipe Conde Machado (direita), inscritos como cotistas, obtiveram melhor desempenho no 11º Concurso Simulado da ESM A Escola Superior de Magistratura da AJURIS realizou, no último dia 26, o 11° Concurso Simulado. Além de testarem seus conhecimentos sobre a magistratura, os dois candidatos com melhor desempenho na prova objetiva, inscritos como cotistas, foram contemplados com bolsas integrais

15/02/2019

Pesquisa AMB: Magistrado gaúcho é referência nacional na fundamentação de sentenças

O desembargador gaúcho Ingo Wolfgang Sarlet, professor e integrante do Conselho Científico Pedagógico da Escola da AJURIS, aparece como o único brasileiro entre os cinco autores de obras acadêmicas e filosóficas mais citados nas fundamentações de decisões jurídicas do país. O reconhecimento é apontado por pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Magistrados (AMB) sobre o perfil da magistratura nacional. 

15/02/2019

Comunicado

Informamos que a nossa linha telefônica (51) 3284-9000 está temporariamente indisponível. Trabalhamos para que o problema seja solucionado o mais breve possível. Caso necessite, entre em contato pelos números (51) 3284-9017 ou (51) 3284-9018. Nosso WhatsApp é o (51) 99725-9190. Agradecemos a sua compreensão.