Previous Next

Ministro Paulo Sanseverino fará a aula inaugural do Ciclo de Palestras CPC/2015

A palestra inaugural do Ciclo será proferida Ministro do STJ Paulo de Tarso Vieira Sanseverino. O evento acontece na próxima sexta (5/10), às 19 horas, na sede da Escola.

Os alunos matriculados no curso Ciclo de Palestras CPC/2015 – Desafios para o terceiro ano de vigência não precisarão efetuar inscrição.

Interessados na palestra podem acessar o link para inscrições:

Palestra inaugural

O CURSO

CARGA-HORÁRIA: 30 h/a

MODALIDADE: Presencial na sede da Escola Superior da Magistratura.

COORDENAÇÃO: Prof. Dr. Marco Jobim à PUCRS

PALESTRANTES:

Ministro Paulo de Tarso Vieira Sanseverino

Prof. Dr. Darci Guimarães Ribeiro

Prof. Dr. William Santos Ferreira

Prof. Dr. Sérgio Cruz Arenhart

Prof. Dr. Eduardo Scarparo

Profa. Dra. Jaqueline Mielke

Prof. Dr. Luis Alberto Reichelt

Prof. Doutorando Rafael Caselli Pereira

Prof. Dr. Elaine Harzheim Macedo

Prof. Dr. Beclaute Silva

Prof. Dr. Daniel Mitidiero

PERÍODO:

O Curso será desenvolvido em 10 encontros a partir de 8 de outubro de 2018, às segundas-feiras, das 19h às 21h30min. Palestra inaugural será realizada no dia 5/10, sexta-feira

INSCRIÇÕES:

Até o 4 de outubro de 2018, enquanto houver vagas.

Saiba mais sobre o curso clicando no link:

Ciclo de Palestras CPC/2015

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16/08/2019

CONTARDO CALLIGARIS FAZ REFLEXÕES SOBRE AS TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS E MORAIS NA ERA DIGITAL

O encerramento do XIII Congresso Estadual da Magistratura foi marcado por provocações e reflexões do pensador e psicanalista Contardo Calligaris. A palestra Homo Digitalis: Decifra-me ou Devoro-te foi realizada nesta sexta-feira (16/8), finalizando os três dias de debates sobre a magistratura digital, tema central do evento. A última atividade da programação científica foi conduzida pela vice-presidente Social, Patrícia Laydner, e pelo vice-diretor

16/08/2019

CARTA DE PORTO ALEGRE ENCERRA CONGRESSO DA AJURIS

A apresentação da Carta de Porto Alegre, no início da tarde desta sexta-feira (16/8), encerrou o XIII Congresso Estadual da Magistratura, promovido pela AJURIS. O documento marca o “compromisso de manter um Judiciário forte, autônomo e independente para preservar os direitos humanos e fundamentais tanto no universo físico quanto digital, deplorando-se qualquer tentativa de censura e discurso de ódio às

15/08/2019

JURISTA PORTUGUÊS DEFENDE COMBATE À DESINFORMAÇÃO COMO GRANDE DESAFIO DA ERA DIGITAL

Em um cenário marcado por novos desafios para a democracia, o Direito e o sistema judiciário, a conferência de abertura do XIII Congresso Estadual da Magistratura, realizada no início da noite desta quarta-feira (14/8), abordou A Liberdade de Expressão no Mundo Digital. Durante o encontro, o jurista português Jónatas Machado reafirmou, em transmissão por vídeo, a cultura da verdade como

15/08/2019

CONGRESSO DA AJURIS DEBATE A MAGISTRATURA DIGITAL

A AJURIS deu início no final da tarde desta quarta-feira (14/8) ao XIII Congresso Estadual da Magistratura, no Sheraton Hotel, em Porto Alegre. Com o tema A Magistratura Digital, o evento vai discutir, até sexta-feira, os desafios de fazer a jurisdição em um mundo em constante transformação. Cerca de 240 magistrados e convidados participam do evento. Em seu discurso de abertura, a presidente da

05/08/2019

A MAGISTRATURA DIGITAL, POR JAYME WEINGARTNER NETO

Artigo publicado no Caderno Doc do jornal Zero Hora na edição de final de semana, dias 3 e 4 de agosto de 2019.  Em breve, os magistrados gaúchos vão se reunir no seu XIII Congresso Estadual. De 14 a 16 deste mês, estaremos debatendo as oportunidades (imensas) e os desafios (abissais) de jurisdicionar (dizer o direito, resolvendo conflitos) para uma sociedade imersa

01/08/2019

Direitos Desafiadores da Era Global

O juiz de Direito Luciano Bertolazi Gauer, titular da 3ª Vara Cível de São Borja, participou do curso Os Desafios na Efetivação de Direitos na Era Global, com aulas ministradas em Roma e na Suíça. De volta ao Brasil, fez um registro dos instigantes conteúdos discutidos durante o encontro. “A Escola da Magistratura, em um de seus informes, noticiou o curso