Previous Next

Últimos dias para inscrições no curso Mediação Escolar como campo de Intervenção

O curso será realizado na próxima semana nos dias 30/11 e 1º/12!

 A atividade  contará com a presença da Mestre em Mediação, a professora  argentina,  Gabriela Jablkowski!

APRESENTAÇÃO:

A Mediação Escolar tem sido uma metodologia utilizada por muitas escolas para a resolução e prevenção de conflitos entre alunos, professores e administradores. O avanço dos conflitos no âmbito escolar tem sido crescente e faz com que, cada vez mais, eles sejam judicializados, sem o devido tratamento. A Escola Superior da Magistratura da Ajuris, preocupada com tal problemática, lança o seu primeiro curso de Mediação Escolar. Para tal, conta com uma especialista no tema que desenvolve um trabalho de excelência na província de Buenos Aires, ministrando cursos e prestando assessoria a vários diretores, professores e mediadores de escolares da Argentina e Brasil.

JUSTIFICATIVA:

Atualmente as escolas enfrentam a necessidade de criar novas formas de "ser e fazer a escola". Diante desses desafios, a mediação tem muito a contribuir. Para isso, é necessário configurar o campo da Mediação Escolar como um campo de intervenção que requer conhecimentos, metodologias e estratégias particulares, bem como mediadores com competências específicas para desempenhar suas funções. A mediação escolar compartilha muitos aspectos com a mediação comunitária e organizacional, pois a escola é uma instituição comunitária e criadora de comunidade e, ao mesmo tempo, uma organização de ensino e aprendizagem. Mas, obviamente, também possui características, conhecimentos, especificidades e modos adequados à sua práxis. O mediador escolar deve ter embasamento  teórico que lhe permita entender a instituição escolar com sua própria complexidade e multiplicidade de forças e problemas que a atravessam. Também deve nutrir-se de outras metodologias que enriquecem sua práxis, como facilitação de diálogos, coaching, círculos restaurativos, dispositivos relacionados à coordenação grupal e aprendizagem organizacional.

Este curso tem como objetivo apresentar a especificidade do campo de Mediação Escolar, compartilhar bases pedagógicas que apoiem a prática e apresentem diretrizes metodológicas e estratégias para intervenções dos conflitos escolares.

PÚBLICO-ALVO:Mediadores, professores, pedagogos, psicólogos, assistentes sociais, especialistas infantis e demais profissionais interessados no tema.

 MODALIDADE: 

Presencial na sede da Escola Superior da Magistratura.

Local: Rua Celeste Gobbato, 229. Bairro Praia de Belas. Porto Alegre/RS

OBJETIVOS:

Compreender as especificidades do campo da mediação escolar;

Criar um olhar da escola a partir da sua perpectiva e complexidade;

Conhecer os diferentes motivos para introdução da  mediação nas escolas; 

Reconhecer diferentes estratégias de intervenção nos conflitos escolares;

Indagar sobre o processo de configuração do papel do mediador da escola

Adquirir ferramentas e habilidades para coordenar programas e realizar intervenções.

 CARGA-HORÁRIA: 16 H/A 

CORPO DOCENTE:

Coordenação

Izabel Cristina Peres Fagundes

 Professora

Gabriela Jablkowski (Buenos Aires)

Mestre em Mediação, IUKB, Suíça. Licenciado em Ciências da Educação pela Universidade de Buenos Aires -UBA. Especialista em Constructivismo em Educação, FLACSO. Mediadora. Membro da equipe de mediação escolar do Ministério da Educação do Governo da Cidade Autônoma de Buenos Aires. Dirige o corso de especialização em "Competências para a Liderança" UTN-APEP. Realiza workshops de treinamento e facilita processos em diferentes empresas e organizações. Co-autora do livro “Configurando escenas colaborativas en la escuela: aportes y experiencias de Mediación y Diálogos Facilitados” Editorial 12ntes. Tem publicado: “Una capacitación integradora” El Cronista, “Debate sobre los nuevos desafíos de la comunicación empresaria” Bae, “Más background cultural para los ejecutivos” El Cronista. “Capacitación cultural para ejecutivos” Clarín, “El arte y la historia también son temas de capacitación gerencial” El Cronista, “Para negocios, la cultura” Revista Fortuna, “Responsabilidad Social Empresaria y Cultura: Una alianza sensible e indispensable” Revista Futuro Sustentable.

PERÍODO:O Curso será desenvolvido nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro de 2017.

 HORÁRIO:

Manhã: das 9h às 12h30min.

Tarde: das 13h30min às 17h30min.

METODOLOGIA: O curso será desenvolvido com dispositivos e dinâmicas do campo escolar para que os participantes tenham oportunidades de experimentar diferentes situações e estratégias de intervenção. Apresentação de casos e testemunhos de escolas que incorporaram a mediação para tratar seus conflitos.

CONTEÚDO:

A escola e seus conflitos atuais escolares. 

Considerações gerais sobre a convivência na escola atual. 

Relações intersubjetivas, aprendizagem e desenvolvimento de habilidades sociais.

A escola e sua relação com conflitos. 

O posicionamento dos atores em frente ao conflito. 

Conflito e aprendizagem.

O papel do Mediador Escolar. 

Contribuições e funções do Mediador.

Metodologia e ferramentas para intervir. 

Alcances e projeções da Mediação Escolar. 

Programas e modelos diferentes de Mediação Escolar.

Etapas da implementação de programas de Mediação Escolar: conscientização, treinamento, implementação, treinamento, avaliação e acompanhamento.

Mediação de pares. Treinamento de estudantes mediadores, organização de centros de mediação escolar. Coordenação e acompanhamento.

CERTIFICADO:

Será fornecido certificado de frequência pela Escola Superior da Magistratura AJURIS aos alunos que obtiverem setenta e cinco por cento (75%) de frequência.

INVESTIMENTO:

10 parcelas de R$ 85,70 no cartão de crédito online via PayPal ou presencialmente* na secretaria da Escola.

À vista com desconto: R$ 720,00 - no boleto bancário

 Descontos:

15% para Associados da Ajuris.

10% para alunos e ex-alunos do AprovAjuris e Servidores do TJRS, não sendo esses descontos acumuláveis.

*O pagamento parcelado com cartão de crédito na sede da Escola deverá ser feito em até 48h após a inscrição no site.

*A inscrição realizada por meio de boleto bancário só será confirmada após o seu pagamento.

*A Escola reserva-se o direito de não formar turmas caso não haja número mínimo de alunos, a critério da Direção.

VAGAS LIMITADAS A 32 PARTICIPANTES

Em caso de dúvidas, os interessados poderão enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou entrar em contato com a ESM pelo telefone (51) 3284.9000.

SAIBA MAIS SOBRE O CURSO CLICANDO AQUI

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

14/12/2017

Princípios do Direito Probatório é tema de palestra na ESM

A Escola Superior da Magistratura (ESM) promoveu a palestra Princípios do Direito Probatório, na tarde da última quarta-feira (13), no miniauditório da Escola.

12/12/2017

ESM ministra capacitação que propõe cultura de paz em Lajeado

A Escola Superior da Magistratura (ESM) promoveu, entre os meses de outubro e novembro, o curso Círculos de Construção de Paz e Círculos em Movimento - a criação de uma comunidade escolar restaurativa em Lajeado.

12/12/2017

Palestra Novidades no Processo de Execução

A Escola da AJURIS convida a todos e todas para participarem da palestra Novidades no Processo de Execução, que será realizada no dia 14 de dezembro de 2017, no horário das 15h às 17h, no miniauditório da instituição.

11/12/2017

Últimos dias para inscrições com desconto promocional no AprovAJURIS

As inscrições com desconto promocional  no APROVAJURIS encerram no dia 22 de dezembro!

11/12/2017

ESM realizou curso sobre Parcerias Público-Privada em Brasília

No dia 05 de dezembro de 2017, na cidade de Brasília/DF, sob a coordenação do Estado-Maior do Exército/Escritório de Projetos do Exército (EPEx), encerrou o Curso de Parcerias Público-Privada (PPP), ministrado pela Escola Superior de Magistratura (ESM).

11/12/2017

Palestra Princípios do Direito Probatório

A Escola da AJURIS convida a todos e todas para participarem da palestra Princípios do Direito Probatório, que será realizada no dia 13 de dezembro de 2017, no horário das 15h às 17 no miniauditório da instituição.